O laboratório

O Laboratório Artes e Micropolíticas Urbanas – LAMUR está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Artes – PPGArtes, no Instituto de Cultura e Artes, na UFC, que teve início em 2013. O laboratório opera em duas linhas de pesquisa, priorizando as temáticas que envolvem processo de criação em artes, micropolíticas urbanas e pesquisa e docência em artes, ciências e filosofia. Entre as pesquisas mais recentes, destacamos Cinema In(ter)venção: Cine Ser Ver Luz (2017-2020), Fortalezas Sensíveis: Intervenções com a Cidade (2017-2020) e, como desdobramento desta última, iniciamos em 2020 a pesquisa Fortalezas Sensíveis: Escritas com a Cidade. Além das pesquisas, também criamos um grupo de estudos que, nos últimos semestres, vem se dedicando aos temas de Imagem e Cidade, pensando em Cidades-sensíveis; Cidades-anacrônicas; Cidades-inventadas; e Cidades-insistentes. Nesse percurso, realizamos algumas publicações, entre elas, os livros Pesquisa em Perspectiva (2014), Arte que Inventa Afetos (2015), Nossas Ruas Com Artes (2019), Cinema que Inventa o Bairro (2019). Também foram publicados capítulos em outros livros, artigos em periódicos, trabalhos em anais de congressos, apresentações de trabalhos em cidades brasileiras (Recife, Rio de Janeiro, João Pessoa, Aracaju, Porto Alegre, etc.) e estrangeiras, como Montreal (2015), Montevidéu (2016) e Maputo (2019). Também foram realizadas orientações de mestrado, graduação e iniciação científica, conforme indicadas na Plataforma Lattes.

 

Linhas de pesquisa:

Processos de criação e micropolíticas urbanas

Objetivo: Acompanhar e cartografar pesquisas e intervenções urbanas, analisando processos de criação que problematizem as relações entre arte e vida, arte e política, arte e natureza e a experiência ética e estética do encontro com modos de existência singulares e coletivos, no cotidiano da cidade e da universidade.

 

Processos de criação, pesquisa e docência em artes, ciências e filosofia

Objetivo: Problematizar os modos de pesquisar e intervir em processos de aprendizagem, evidenciando os desafios presentes desde a constatação da complexidade das mutações nos modos de conhecer e se relacionar com a arte, a ciência e a filosofia na contemporaneidade, em especial, considerando questões que rompem com as metodologias e linguagens clássicas e a emergente hibridização de métodos, na perspectiva de um pensamento inter e transdisciplinar.

 

The Arts and Urban Micropolitics Laboratory – LAMUR is a part of the Graduate Program in Arts – PPGArtes, at the Institute of Culture and Arts of the Federal University of Ceará, founded in 2013. The laboratory operates in two research topics, prioritizing themes involving the creation process in the arts, urban micropolitics, research and teaching in arts, sciences and philosophy. Among the recent research projects, we highlight In(ter)vention Cinema: Cine Ser Ver Luz (2017-2020), Sensible Fortalezas: Interventions with the City (2017-2020), and as its unfoldment, we began in 2020 the research project Sensible Fortalezas: Writings with the City. In addition to the research projects, we have also formed a study group which over the previous semesters was dedicated to the issues of image and city, organizing sessions on sensible, anachronic, and invented cities. Throughout this path, we have published books, such as “Pesquisa em Perspectiva” (2014), “Arte que Inventa Afetos” (2015), “Nossas Ruas Com Artes” (2019), and “Cinema que Inventa o Bairro” (2019), as well as book chapters, articles in journals, and works in congress annals. Work presentations were performed if Brazilian cities (Recife, Rio de Janeiro, João Pessoa, Aracaju, Porto Alegre etc.), and abroad, in Montreal (2015), Montevideo (2016), and Maputo (2019). Research supervisions were also conducted, in undergraduate and graduate levels, as indicated in Lattes Platform.

 

Research topics:

Creation Processes and Urban Micropolitics

Aim: To follow through and map investigations and urban interventions, analyzing creation processes that question the relation between art and life, art and politics, art and nature, and the ethical and aesthetical experience of getting together in singular and collective ways of existence, in the everyday life of the city and the university.

 

Creation Processes, Research and Teaching in the Arts, Sciences and Philosophy

Aim: To question ways of researching and intervening in learning processes, highlighting the existing challenges, from acknowledging the complexity of transformations in the modes of knowing and relating to art, science and philosophy in the contemporary age, in particular, taking into account questions that break up with classical methodologies and languages, and the emergent hybridization of methods, in the perspective of an inter and transdisciplinary thought. 

APOIO

logos_edited.png
logos_edited.png
em artes_logo_.png
logo-cnpq.png
  • 1597748
  • facebook_logo_icon_147291